Ordem Paranormal

Tudo sobre Ordem Paranormal, RPG de Cellbit: como jogar, regras e cenário

Ordem Paranormal, RPG de Cellbit
RPG Ordem Paranormal, do youtuber Cellbit

O youtuber Cellbit criou o universo de “Ordem Paranormal” a partir de um RPG de mesa que narrou em streaming na Twitch. Veja neste artigo tudo sobre como jogar RPG no cenário, onde assistir as campanhas de Cellbit e regras de sistemas que podem ser adaptados para jogar RPG de mesa no universo de Ordem Paranormal.

Cellbit baseou a primeira temporada de Ordem Paranormal no sistema The Esoterrorists, com dois episódios transmitidos em fevereiro e março de 2020. A partir daí, o youtuber passou a ampliar seu cenário e adaptar novas regras para o jogo. Em abril do mesmo ano, aconteceu a transmissão da segunda temporada, chamada de Ordem Paranormal: O Segredo na Floresta. Então, ele adaptou mecânicas do sistema Call of Cthulhu. A série contou com 16 episódios, de abril a julho.

A terceira campanha, denominada Ordem Paranormal: Desconjuração, contou com 20 episódios, de outubro de 2020 a maio de 2021. Do mesmo modo, a mecânica de jogo continuou baseada na versão adaptada do RPG Call of Cthulhu, desta vez usando um sistema d20 (dado de 20 lados), o mesmo de Dungeons & Dragons.

A quarta temporada, chamada de Ordem Paranormal: Calamidade, começou em setembro de 2021.

Regras oficiais de Ordem Paranormal RPG

O livro de regras oficiais para o RPG de mesa de Ordem Paranormal foi produzido pelo criador do cenário, Cellbit, juntamente com Felipe Della Corte, Pedro Coimbra (Mestre Pedrok) e Silvia Sala. O material é desenvolvido em parceria com a editora Jambô.

Em março de 2022, a Jambô publicou o primeiro conjunto de regras oficiais para Ordem Paranormal RPG, o Guia Rápido de Regras. Além disso, disponibilizou uma aventura gratuita, Os Espinhos da Aurora Escarlate (exclusiva para quem comprou a pré-venda).

Capa do livro de regras do sistema oficial Ordem Paranormal RPG
Ordem Paranormal RPG: Livro de Regras

Guia Rápido de Regras

Em pouco mais de 30 páginas, o resumo de regras para jogar Ordem Paranormal RPG é didático e simples de entender até mesmo para quem nunca jogou RPG.

O guia apresenta inovações muito interessantes para quem é fã do sistema d20 ou de Tormenta 20, como os elementos dos rituais, as regras de inventário e as reações durante cenas de combate.

Se quiser saber mais, leia nossa análise de todas as novidades apresentadas no guia de regras de Ordem Paranormal RPG.

Qual o sistema do streaming de Ordem Paranormal

No cenário de Ordem Paranormal, os jogadores interpretam investigadores responsáveis por tentar impedir que nossa dimensão seja invadida por criaturas sobrenaturais do universo paranormal. Assim, lutam contra grupos ocultistas chamados de Esoterroristas, que buscam enfraquecer uma camada chamada de “Membrana”, responsável por inibir o contato entre os dois mundos.

Até o início de 2022, não existia um documento público sobre o sistema de RPG usado por Cellbit para mestrar as campanhas de Ordem Paranormal. Portanto, as regras do jogo eram uma adaptação feita pelo youtuber com base nos RPGs The Esoterrorists e Call of Cthulhu, usando o sistema d20.

Caso não tenha adquirido Ordem Paranormal RPG, para jogar no cenário de Cellbit você pode adaptar suas próprias regras para:

  • Pontos de Insanidade: originalmente de Call of Cthulhu (veja mais abaixo)
  • Pontos de Investigação: originalmente de The Esoterrorists (veja mais abaixo)
  • Testes de habilidades/perícias: originalmente de d20 (veja mais abaixo)

Call of Cthulhu – sistema d100

Call of Cthulhu (ou “Chamado de Cthulhu”) é um dos RPGs de mesa mais jogados do mundo. Lançado originalmente em 1981 e baseado no conto de mesmo nome escrito por H.P. Lovecraft, é considerado por críticos um dos melhores sistemas para jogos de horror. Atualmente, o jogo está na 7ª edição, é publicado pela Chaosium e tem versão em português.

As regras para Call of Cthulhu RPG utilizam o sistema d100 – dois dados de 10 faces, em que um representa a dezena e outro a unidade. Nele, os personagens possuem conceitos (detetive, artista, professor, teólogo etc). Além disso, têm “Pontos de Sanidade”, que perdem à medida em que são impactados pela descoberta de segredos ocultos aterrorizantes.

O sistema BRP (Basic Role-playing System) tem um documento virtual (SRD) com as regras gratuitas de Call of Cthulhu.

The Esoterrorists – sistema Gumshoe

A primeira campanha de Ordem Paranormal se baseou no RPG The Esoterrorists Second Edition. Robin D Laws e Gareth Ryder Hanrahan desenvolveram o jogo, publicado pela editora Pelgrane Press em 2013. A obra utiliza as regras do sistema Gumshoe, originalmente criado para a primeira versão do RPG, de 2006. Além disso, The Esoterrorists venceu o Ennie Awards de 2007 nas categorias melhor jogo e melhores regras.

O jogador interpreta um investigador do universo paranormal. Portanto, a criação de personagem envolve a distribuição de pontos de investigação (para adquirir habilidades investigativas) e pontos gerais (para habilidades genéricas).

Além disso, as rolagens de dados utilizam um único dado de seis faces (d6), utilizando valores de referência para testes que variam de 2 a 8 de dificuldade do resultado.

O sistema Gumshoe foca em mecânicas para cenários investigativos e tem licença aberta de uso. Portanto, o Gumshoe SRD contém todas as regras básicas de forma gratuita.

d20 – adaptação de Call of Cthulhu

Sistema de RPG de mesa mais jogado em todo o mundo, o d20 surgiu com Dungeons & Dragons 3, lançado em 2000. Desde então, passou por modernizações nas regras com o lançamento de D&D 3.5, D&D 4 e D&D 5E.

O sistema tem mecânicas de testes que utilizam um dado de 20 lados e tem licença aberta de uso. Ou seja, todas as regras estão gratuitamente no d20 SRD.

Cellbit explica regras do sistema de RPG de mesa

Em uma live em 2020, Cellbit explicou algumas mudanças nas regras do RPG para a campanha de Ordem Paranormal: Desconjuração. Veja no vídeo abaixo:

Cellbit explica sistema do RPG de mesa de Ordem Paranormal

Onde assistir os episódios do RPG Ordem Paranormal

Quer saber como acompanhar ao vivo ou todos os episódios antigos de Ordem Paranormal mestrados por Cellbit?

  • As transmissões ao vivo de Ordem Paranormal acontecem todos os sábados, às 18h, na Twitch do Cellbit.
  • Todas as terças-feiras são exibidas reprises do episódio mais recente, também no canal da Twitch.
  • Já nas quintas-feiras, os episódios são disponibilizados no Youtube, no canal Lives do Cellbit.
Cellbit criador de Ordem Paranormal
Ordem Paranormal: Enigma do Medo, se passa no cenário de RPG criado por Cellbit – Foto: Reprodução/YouTube

O que é o videogame Ordem Paranormal: Enigma do Medo

“Ordem Paranormal: Enigma do Medo” é um jogo de exploração, enigmas e sobrevivência que se passa no cenário de RPG criado pelo streamer Cellbit. A princípio, os jogadores assumem o papel de Mia, uma detetive paranormal que, acompanhada do cachorro Lupi, explora ambientes e resolve quebra-cabeças em um cenário feito de pixel art e 3D desenhados à mão.

O projeto recebeu mais de R$ 4 milhões via financiamento coletivo e tem previsão de lançamento para 2022. O jogo está sendo desenvolvido pela Dumativa Game Studio, uma desenvolvedora independente carioca que já atuou em projetos como “A Lenda do Herói” e “Shieldmaiden”.

De acordo com o texto da campanha de financiamento coletivo, os jogadores do game “não precisam conhecer Ordem Paranormal para jogar Enigma do Medo”. Assim, “todos os elementos e personagens serão apresentados e explicados pensando também nos novos jogadores que nunca conheceram o universo”, segundo Cellbit.

Taiguara Rangel

Jornalismo, marketing digital, SEO, ads. Boteco, música, literatura, futebol, etílicos. E um RPG no meio.

One thought on “Tudo sobre Ordem Paranormal, RPG de Cellbit: como jogar, regras e cenário

Average
5 Based On 1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *